Um dos problemas mais comuns no mundo da fama, por exemplo, após atletas de sucesso conquistarem destaque e riqueza, é o abuso de entorpecentes. Apesar de silenciado por muitos e abafado pela mídia, a drogadição entre figuras públicas é um desafio que, para ser vencido, a fé em Deus é algo fundamental.

O jogador de futebol Régis, que atuou pelo São Paulo até o início de outubro do ano passado, agora entende bem o que significa se aproximar de Deus. Ele, que chegou a ser preso no Distrito Federal após, supostamente, tentar invadir o apartamento de vizinhos também no anterior, hoje está dando a volta por cima e tendo a chance de recomeçar.“Ele foi meu jogador na Ponte Preta como lateral. Ele joga em quatro posições: nas laterais esquerda e direita, na ponta direita e na ponta esquerda. É a característica dele. Ele também joga na lateral esquerda, eu conheço o atleta muito bem”, disse o atual técnico do jogador, Marcelo Cabo.

Régis foi contratado pelo CSA de Alagoas, e lá ele encontrou muito mais do que uma oportunidade para jogar futebol novamente. Ele encontrou companheiros que o levaram para a igreja evangélica, onde o encontro com Cristo foi uma consequência.

O jogador que no ano passado admitiu ter problemas com álcool e outras drogas, dessa vez aparece em um vídeo (abaixo) tocando violão e louvando a Deus. A mudança de vida espiritual vem se repercutindo também no futebol, com o Régis fazendo atuações de destaque no CSA.

Até agora, Régis disputou seis partidas e marcou dois gols com a camisa do CSA, nas vitórias contra Murici e Sampaio Corrêa. O último jogo contra o Salgueiro, no domingo passado pela quarta rodada da Copa do Nordeste, o jogador não marcou, mas contribuiu de forma diferenciada para a vitória do time por um a zero.

Com informações do Globo Esporte.

LEAVE A REPLY

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui